segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Resenha do Livro Cremos - Hans Burki

O livro Cremos foi escrito pelo Doutor Hans Burki,nascido em em St. Gallen, Suiça em 1925, ele foi pedagogo, psicólogo, teólogo e secretário-geral do "Vereinigte Bibelgruppen", secretário de literatura e posteriormente secretário geral da Comunidade Internacional de Estudantes Evangélicos (CIEE/IFES - sigla em inglês), a ABU Internacional. O autor chegou a vir para o Brasil para dar palestras sobre “Busca humana por um significado na vida”, “Psicologia e realidade da fé cristã”, “O intelectual ante o problema da fé”, na  Aliança Bíblica Universitária na década de 60 e 70. Atualmente ele é pouco conhecido, porém suas obras são muito relevantes para a cristandade, pelo conteúdo precioso que ele nos deixou.

  Cremos é um livro pequeno de 55 (cinquenta e cinco) páginas, todavia seu conteúdo é de extrema importância, o objetivo do autor foi comentar as bases de fé da Aliança Bíblica Universitária, todavia como as bases de fé são baseados do que tem em comum entre os cristãos, sua obra tornou-se assim como a base de fé de Laussane 1974, um compilado das doutrinas principais da fé cristã.

 Separado em quatorze capítulos o Hans Burki disserta com uma linguagem objetivo e sempre com as referências bíblicas sobre a doutrina e a experiência, o mistério de Deus, a sua Soberania, a condição humana, Jesus o Senhor e Salvador, O Espirito Vivificador, a reconciliação do Homem com seu criador, Cristo como único mediador, entre outros temas essências para a fé cristã.

 Indicado para todos aqueles que procuram se aprofundar nos  pontos essenciais da fé cristã, para novos convertidos, para pessoas que querem conhecer a fé bíblica, bem como para uma revisão sobre a nossa doutrina evangélica.

Título: Cremos
Autor: Hans Burke
Editora: ABU Editora
Páginas: 55 páginas


quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Resenha do livro A Vida de Martyn Lloyd Jones 1899 - 1981

O livro A Vida de Martyn Lloyd- Jones 1899 1981, foi escrito pelo reverendo Iain Hamish Murray, ele foi assistente do Dr. Martyn Lloyd Jones durante anos e a seu pedido começou a escrever sua biografia dois anos antes de seu falecimento. No Brasil a obra é distribuída pela editora PES e é uma relíquia pois além de contar sobre a história do grande avivalista Calvinista, ele leva o leitor a conhecer  os bastidores do pastor, inclusive através de áudio que o autor conseguia através das entrevistas particulares ao doutor.

 Martyn Lloyd Jones foi criado em uma igreja metodista Calvinista em Gales, porém sua conversão só ocorreu quando jovem e durante o curso de medicina. O doutor se formou e tornou-se um médico de renome ainda bem jovem, teve a chance de ser o médico da família real, mas preferiu o ministério da palavra, mudando-se para Gales onde assumiu uma pequena igreja, porém em pouco tempo ficou conhecido em toda a Gales por diversos motivos, primeiro por sua exposição bíblica que dava ênfase a condição humana de pecador, bem como a redenção por Cristo e soberania de Deus. Milhares de pessoas conheceram a Cristo através do Doutor, que não fez teologia formal, todavia se tornou um ícone da Igreja de Gales e posteriormente da Inglaterra, Europa e EUA.

 O ministério do Dr. Martyn Lloyd Jones o levou a pastorear uma das maiores igrejas de Londres, a catedral de Westminster, ele também se tornou destaque ao ocupar a presidência IFV, a Aliança Bíblica Universitária da Inglaterra na II Guerra Mundial, fundou uma biblioteca, palestrou em diversas organizações evangélicas e ficou conhecido também por ir contra o ecumenismo das congregações evangélicas com igrejas liberais, sendo considerado conservador em sua época.

 A Vida de Martyn Lloyd - Jones 1899 - 1981, conta detalhes da vida do autor, como ele lidou com as oposições, como era o seu dia-a-dia de oração, qual era o seu pensamento doutrinário, suas raízes na literatura pietista Inglesa no qual muito admirava, seu trabalho de dialogo com arminianos, sua fé mais renovada, onde ele considerava que os dons espirituais são contemporâneos para os dias atuais, sua família e seu tempo para com esposa, filhos e netos, sua morte e seu legado.


Ian M. Murray
O livro é inspirador como toda biografia de homens que foram grandemente usados por Deus em sua geração, ele é uma inspiração para igreja atual, suas opiniões servem como um norte ou como um bom conselho para as igrejas de hoje, deve ser lido por pastores, líderes e jovens que através de sua biografia poderão conhecer Martyn Lloyd Jones e ser a porta para a vasta literatura teológica que ele nos deixou como seus comentários sobre romanos e efésios. Vale apena cada página da obra.


Título: A Vida de Martyn Lloyd Jones - 1899 - 1981
Autor: Ian M. Murray
Editora: PES
Páginas: 496 páginas


domingo, 24 de junho de 2018

Enquete: Qual é a sua versão da Bíblia preferida? Veja o Resultado

Perguntamos durante um período de 50 (cinquenta) dias "Qual é a sua versão da Bíblia preferida?", para os internautas, veja o resultado:

NVI
  10 (31%)
Almeida Revista Atualizada
  9 (28%)
Almeida Revista Corrigida
  4 (12%)
NTLH
  1 (3%)
NVT
  3 (9%)
Paulinas
  0 (0%)
King James
  5 (15%)

A campeã é a Nova V ersão Internacional (NVI) com 31%,  a primeira publicação desta bíblia foi em 1991 nos Estados Unidos, todavia foi completamente traduzida para  o português e publicada em 2000, através de um projeto coordenado pelo pastor batista Luiz Alberto Teixeira Sayão, a bíblia pertence a Sociedade Bíblica Internacional. 

Já a segunda colocada foi  a versão Almeida Revista Atualizada  que chegou a 28% dos votos foi publicada em 1959  pela Sociedade Bíblica do Brasil, foi baseada na tradução da Bíblia de João Ferreira de Almeida, a Almeida Revista e Corrigida, edição de 1898, e também na Tradução Brasileira da Bíblia, publicada em 1917.

Participaram da pesquisa 32 votantes.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Resenha do livro Justiça e Esperança para Hoje - Dionísio Pape

A obra Justiça e Esperança para Hoje, a mensagem dos profetas menores, foi escrito pelo britânico Dionísio (Denis George) Pape, que foi um missionário no Brasil, mentor espiritual do bispo anglicano Dom Robinson Cavalcanti e obreiro da Aliança Bíblica Universitária do Brasil. 

O livro é muito interessante pois é um resumo dos doze profetas menores, no qual o autor além de contar  o relato de cada livro, mostra suas enfases, como por exemplo o do Profeta Naum contra o totalitarismo militar, Sofonias e o tempo de apostasia, Obadias em um mundo racista, Zacarias o profeta idealista, Malaquias o último porta-vós do messias, entre outros.

Justiça e Esperança para Hoje, leva o leitor a situar os livros proféticos no contexto do antigo Estado de Israel, apontado datas e os respectivos reis que governaram durante a época do profeta, região geográfica da atuação do profeta, muito interessante, ajuda muito a entender os textos bíblicos.

Adicionar legenda
Dionísio Pape também tem uma preocupação de fazer um paralelo da mensagem dos profetas menores, com os dias atuais, interessante é que ele foi escrito em 1982, todavia  suas observações  leva o leitor  do século XXI a refletir sobre sua vida espiritual e social.

É  um livro rico que nos faz entender mais sobre a justiça de Deus, a esperança,  o cuidado de Deus com os menos desfavorecidos, a denuncia contra a corrupção e contra os reis maus, além de mostrar o caminho de Deus através da correção e exortação dos profetas.

Título: Justiça e Esperança para Hoje
Autor: Dionísio Pape
Editora: ABU Editora
Páginas: 113