quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Análise: Livro A linguagem de Deus


A editora Gente, lançou no ano de 2006 a publicação em português do livro "A linguagem de Deus", do Biologo Francis S. Collin, diretor do Projeto Genoma Humano.
Collins afirmou que era ateu até que, nos primeiros anos no exercício da medicina, comprovou a força que a fé transmitia a vários de seus pacientes nos estados mais críticos. Impressionados por esses exemplos, pediu conselhos a um ministro metodista, que lhe recomendou a leitura de Cristianismo Puro e Simples de C.S. Lewis - um livro que mudou sua vida.

Esta obra é dividida em três partes, a primeira conta um pouco sobre sua biografia e seu tempo acadêmico, levando os leitores a conhecer sobre o posicionamento desde ilustre cientista a respeito de sua ótica e visão do mundo, até chegar em sua defesa da Fé em Deus, afirmando com um raciocinio lógico a existência de Deus.

É interessante está primeira parte do livro pois o autor conta como foi a sua experiência para crer em Deus, indicando diversos livros de C.S. Lewis, presente de um Pastor Metodista. A segunda parte ele defende o Evolucionismo em uma corrente darwinista. Na terceira parte ele rebate o Criacíonismo, a teoria do Design Inteligente e afirma que o livro bíblico de Gênesis é alegórico declarando também ser católico.


Mesmo não concordando com o posicionamento do Francis S. Collins, creio que está obra é de grande importância, primeiramente por entender a filosofia racional para acreditar em Deus e segundo para aumentar o conhecimento na discussão EVOLUÇÃO X CRIACIONISMO.

Nenhum comentário: